Por el

mundo

Mujeres por el mundo y

por un nuevo mundo

El proyecto “Mujeres por el mundo y por un nuevo mundo” tiene como objetivo llevarte a conocer proyectos y acciones desarrolladas por mujeres en diferentes territorios y culturas, con una visión, así como Intimo Colorido, emancipar y dar voz a mujeres en situación de vulnerabilidad social, actuando en la construcción de una sociedad mas colaborativa.

videos // fotos // textos

Marrocos é considerado um país pobre, onde muitas pessoas vivenciam uma acentuada desigualdade social. Quase metade da população ainda vive e trabalha no campo, onde está uma das suas maiores riquezas: o argan. O óleo de argan é utilizado para cozinhar, para hidratar o cabelo das mulheres e rejuvenescer a pele. O trabalho de produção do óleo é feita de forma artesanal. O Íntimo Colorido foi conhecer no Marrocos uma Cooperativa que trabalha com mulheres que produzem o óleo. Nesta oportunidade conhecemos Khadija (56anos), Malika (38anos), Zahra (34anos) e Lahna (50anos). Essas mulheres trabalham uma média de 8horas por dia e levam em média 3 dias para produzirem 1kg do extrato do óleo. Para cada 1kg elas recebem em média R$12,00. Toda a produção é vendida nas pequenas lojas das Cooperativas. É um trabalho bastante repetitivo e exaustivo, mas que acaba sendo a única oportunidade de trabalho que existe para muitas mulheres em determinadas regiões. 

Mas esta realidade no Marrocos é alterada, em alguns lugares, por Projetos Sociais que atuam oferecendo oportunidades de algumas mulheres terem acesso a educação e capacitação profissional, o Íntimo Colorido foi até um destes projetos e te convida a conhecer a AFER,  uma Associação que trabalha na militância política pelo empoderamento de mulheres islâmicas rurais.

AFER 

Association des Femmes et Entants Ruraux

A AFER investe na educação destas mulheres rurais  e oferece oficinas de costura como possibilidade de geração de renda para aquelas que até então só tinham como opção de sobrevivência o trabalho com o argan. Para as mulheres que não podem trabalhar fora de casa são oferecidas cursos de culinária como estratégia de renda alternativa.

A AFER cria projetos voltados ao empoderamento feminino. Dentre os trabalhos realizados, o foco principal é a alfabetização de mulheres rurais. Pois acreditam que "aprender e conhecer é uma forma de ver o mundo". As aulas acontecem três vezes por semana, duas horas por dia. 

A AFER possui uma participação politica significativa dentro comunidade, organiza e participa ativamente de protestos e manifestações na luta a favor de leis contra a violência de gênero, uma realidade infelizmente muito presente dentro desta cultura.

+351 917757315